Roteiro de viagens

Roteiro de viagens

Faça seu próprio Roteiro de viagens

Se você resolveu que esse ano nas férias vai dizer adeus para o guia turístico e dizer olá para a liberdade, temos duas coisas a lhe dizer: primeiramente, seja bem vindo à liberdade, segundamente, você irá precisar de um roteiro de viagens.

Certamente já ouviu falar que muitas pessoas realizam um recorrido entre todas as informações possíveis sobre o lugar de destino e planificam quais pontos irão visitar, além de determinar quais dias e quais horários serão destinados a esses lugares, etc. Essa será a sua missão de agora até o dia da sua data de partida para o lugar. Isso se chama roteiro de viagens.

Pensando justamente em você, iniciante no ramo de planificação de um roteiro de viagens, separamos algumas dicas para guiar a sua pesquisa. Preparado? Vamos lá!

 

  • Tempo de estadia

É muito importante levar em consideração a quantidade de dias que você irá ter disponível para passear, começando pelo dia 1, o dia da chegada. Dependendo do horário de chegada e se a viagem foi muito longa ou muito curta, talvez não dê tempo de aproveitar muito. Diferente seria se você chegasse às 5h da manhã, podendo dormir e acordar para passear e aproveitar.

A recomendação é que você dedique o primeiro dia para fazer uma visita ou conhecer um lugar que já saiba que é calmo e sem muita demanda de energia. Como um restaurante ou um teatro, por exemplo. Lugares que lhe proporcionem momentos agradáveis sem sair do lugar.

Deixe para os outros dias os programas mais agitados, sem perder a oportunidade de aproveitar o dia 1, ao mesmo tempo.

Se o seu tempo de estadia for acima de quatro dias, será possível inclusive procurar localidades próximas fora da cidade de destino. Por exemplo, se a sua viagem programada for pela Europa, no seu roteiro de viagens é provável que caiba mais de um país. A mesma coisa vale para a América Latina, já que os países ao redor do Brasil são pequenos e próximos.

 

  • Locomoção

Decida como irá se locomover. Procure saber sobre o transporte público local, recomendamos que você procure grupos no Facebook como “Brasileiros em (nome da cidade de destino)” ou “(cidade de destino) para brasileiros”. Normalmente lá existam publicações frequentes sobre opções de turismo e perguntas sobre transportes.

Mas em que isso iria ajudar a montar o seu roteiro de viagens? Como vimos acima, o fator tempo é muito importante, já que determinará até quão longe você poderá chegar a visitar. Também auxiliará a guiar o seu orçamento, mas sobre isso falaremos daqui a pouco.

Se não estiver a fim de andar em metrô ou ônibus, nem pagar uma alta quantia de dinheiro para locomover-se em táxi, principalmente se for um lugar que falem um idioma diferente ao seu, opte por alugar um carro. Não é um bicho de sete cabeças lidar com um trânsito diferente, principalmente depois que inventaram o Waze. Isso também lhe deixará mais livre nas escolhas de lugares a visitar e paradas alternativas.

 

  • Orçamento

Chegamos ao ponto principal: O dinheiro. Já que ele é quem manda em tudo, não poderíamos deixar de falar sobre.

Tudo o que envolva montar um roteiro de viagens será muito relativo de acordo com o seu gosto e o seu orçamento disponível para gastar. Por isso, a nossa dica importante é que procure se informar sobre a economia local, para saber como está o preço de cada coisa, se está estável ou não, se os passeios que normalmente lhe agradam saem em conta ou se são muito caros.

Tudo isso evita a frustração na hora H. É certo que todos ficamos apertados quando vai se aproximando o fim da viagem, mas isso não significa que você tenha que estar sem nenhum dinheiro. Construa o seu roteiro de viagens considerando o orçamento que você está disposto a pagar por toda a viagem, mas sempre deixando um extra para emergências.

Não tente olhar mais além do que se pode, seja coerente. Se tiver que sobrar alguma quantia financeira, você poderá decidir na hora o que fazer com ela. A planificação de um roteiro de viagens é justamente para evitar maiores imprevistos, aqueles que nos deixam em uma situação desconfortável.

Essas foram as nossas dicas para a construção e planificação de um roteiro de viagens, principalmente para aqueles que ainda não têm experiência nessa área. É muito mais gostoso quando os imprevistos são positivos e não tão negativos, e o roteiro de viagens está justamente para amenizar os riscos que a sua viagem pode correr.

Quer viajar barato?  Então receba dicas de viagens e promoções!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!